Explore os rótulos do mês de Outubro

Um italiano saboroso de Gaja e um dos maiores ícones da argentina, Angélica Malbec.

Promis

Com 92+ pontos de Robert Parker na safra 2013, o Promis é macio e envolvente, com bastante presença de boca, concentração e camadas e mais camadas de fruta. Este delicioso tinto é produzido na propriedade de Angelo Gaja em Bolgheri, na Toscana – e leva a inconfundível assinatura de elegância do produtor. Talvez o mais acessível tinto de Gaja, ele é um corte de Merlot (55%), Syrah (35%) e Sangiovese (10%). É um vinho que “parece pular do copo”, segundo a revista Decanter.

ROBERT PARKER 92 PTS / 2013
JAMES SUCKLING 91 PTS / 2013


Angelica Zapata Malbec

Este disputado Malbec é produzido para o mercado interno argentino, onde é cultuado e esgota-se rapidamente, alcançando preços estratosféricos em safras antigas. As uvas vêm de vinhas selecionadas, plantadas em grande altitude, com rendimentos muito baixos, que resultam em um vinho muito complexo e exuberante, com excelente presença de boca e enorme capacidade de envelhecimento.
Indiscutivelmente o melhor e mais reverenciado produtor da Argentina, na opinião unânime de toda a imprensa especializada internacional, de quem recebe sempre as melhores notas e prêmios. Para a Wine Spectator, trata-se do “líder inquestionável de qualidade na Argentina” e, para Parker, “Catena representa o máximo em vinhos da América do Sul”.