Os vinhos de corte (blend ou assemblage) são vinhos que foram produzidos a partir da união de duas ou mais qualidades diferentes de uvas, com o objetivo de acentuar e enriquecer os aromas e sabores dos vinhos.

Criar a mistura perfeita depende da expressão de cada uva, bem como das características do ano – que influenciam na qualidade das uvas. Assim, as possibilidades de combinações que resultam em uma mistura de qualidade são infinitas.

Conheça agora alguns dos assemblage mais conhecidos e estimados do mundo:

1. Bordalês – A austera Cabernet Sauvignon encontra a maciez da Merlot e as notas especiadas da Cabernet Franc nesta combinação que forma o famoso vinho francês de Bordeaux, com sabores e características equilibradas e marcantes.

2. Champagnes – Os espumantes mais apreciados no mundo podem ter em sua composição até três castas permitidas: Pinot Noir, Chardonnay e Pinot Meunier. Os mais encorpados são aqueles que contam com maior quantidade de Pinot Noir na composição, enquanto os mais leves e delicados são os que têm mais Chardonnay no conjunto.

3. Duriense – O delicioso corte do vinho do Porto, característico da região portuguesa do Douro, mescla as cepas Tinta Amarela (Trincadeira no Alentejo), Tinta Barroca, Tinta Roriz (Tempranillo), Tinto Cão, Touriga Franca e Touriga Nacional. A alta porcentagem da última variedade empresta requinte e elegância ao corte, que dá origem a vinhos com taninos bem estruturados, equilibrados e de bom corpo.

Vinhos de corte do Le Petit:

Uvas: Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot.
Uva: 83% Cabernet Sauvignon e 17% Merlot.
Uva: 84% Merlot Noir e 16% Cabernet Franc.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: