O Vinho Tinto Seña tem como espinha dorsal de seu blend as variedades Cabernet Sauvignon, Carménère, Malbec, Merlot e Petit Verdot, que expressam a alma chilena. Elas compõem um vinho de grande estirpe, com aromas exuberantes de couro, frutas muito maduras e secas, especiarias, eucalipto e terra molhada. A safra de 2016 obteve 97 pontos nota do crítico Robert Parker!

Ótimo acompanhado com cordeiro!

Paleta de cordeiro com molho de hortelã

Para a carne:

1 unidade de paleta de cordeiro com cerca de 1,3 kg

4 dentes de alho

1/2 litro de vinho branco seco

2 xícaras de folhas de hortelã frescas

1 xícara de alecrim fresco

1/2 xícara de azeite de oliva extravirgem

* a gosto de sal

* a gosto de pimenta-do-reino moída na hora

Para o molho:

1/2 xícara de vinho branco seco

1/2 xícara de azeite de oliva extravirgem

2 xícaras de folhas de hortelã

* a gosto de sal

1 pitada de açúcar

Modo de preparo

  • Limpe o cordeiro. Em um mixer ou liquidificador, junte os dentes de alho, o vinho branco e a hortelã. Processe rapidamente, para que não aqueça os temperos. Tempere a paleta com sal e pimenta-do-reino.
  • Acondicione a carne em um recipiente com tampa ou em um saco plástico com fecho hermético. Acrescente os temperos processados e o alecrim e deixe marinando por pelo menos 12 horas, na geladeira. Vire a paleta pelo menos duas ou três vezes. Preaqueça o forno a 180 graus C. Coloque a paleta em uma assadeira, regue com o azeite e cubra com papel alumínio. Metade da marinada vai junto no forno e a outra reserve.
  • Deixe assar por aproximadamente 2h30. Passado esse tempo, retire o papel alumínio, regue com parte da marinada que ficou reservada ou aquela que restou na forma e deixe dourar por 20 minutos.
  • Para o molho de hortelã, no liquidificador, bata todos os ingredientes e reserve. Regue a carne com o molho na hora de servir.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: