A uva Tempranillo tem origem na Espanha e é muito utilizada na elaboração de vinhos tintos. Devido à sua boa adaptação aos diferentes climas e solos, ela tem sido cultivada em diversos países no último século, como na Argentina, Austrália, Estados Unidos e África do Sul.

Seu nome vem da palavra espanhola “temprano”, que significa “cedo”, e faz referência ao seu amadurecimento precoce, pois normalmente é uma das primeiras uvas tintas a ser colhida, uma faceta que a torna versátil e apta para ser cultivada em climas diferenciados.

Essa casta resulta em vinhos tintos com acidez equilibrada, teor alcoólico de nível médio/alto, textura macia e com taninos incrivelmente elegantes. Lembrando que como uma bela “bebida viva”, o vinho estará sujeito a diversas modificações.

Características da Tempranillo

  • Suas vinhas são marcadas pela boa adaptação em diferentes climas e solos, mas mostra melhor expressão em climas quentes e secos, e solos arenosos ou argilo-calcários.
  • É encontrada tanto em vinho varietal, quanto em assemblages. Em Portugal, com o nome de Tinta Roriz, é comumente encontrada em blends com a Touriga Nacional e Touriga Franca, e também é muito utilizada no vinho do Porto.
  • Além de gerar vinhos tintos, também pode ser encontrada vinificada em rosé.
  • Seus vinhos, geralmente, são ricos e mesclam elegância com robustez; evidenciam a presença marcante de frutas vermelhas e sabor picante; são aromáticos, bem estruturados e desenvolvem complexidade com a idade e com amadurecimento em barricas de carvalho.
  • Na Espanha, essa variedade desenvolve aromas de frutas vermelhas e nuances de couro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: