Vinho: a bebida da quarentena

O consumo de vinho sobe 72% no segunto trimestre e atinge máxima histórica na quarentena.


Junto com a mudança de rotina, vieram novos habitos de consumo durante a quarentena. E para nossa felicidade, o consumo de vinho foi um deles.

No primero semestre de 2020, o consumo per capita de vinhos e espumantes no Brasil passou de 2,13 litros, em 2019, para 2,37 litros, em 2020. Isso mostra a expansão desse setor durante a pandemia.

Já no segundo semestre, os dados são ainda mais impressionantes. A média por pessoa chegou a 2,81 litros. De acordo com dados da Ideal Consulting, esse número entrou para a história com um crescimento de 72% em relação a janeiro a março.

E uma parte desse crescimento ocorreu devido o aumento do consumo de vinho entre os jovens com menos de 30 anos, 38% em relação a abril e maio do ano passado, de acordo com a Veja. Esse público passou por uma mudança no comportamento ao procurar produtos mais sofisticados ao invés de itens estritamente industrializados.

Assim, podemos concluir que o vinho está realmente sendo um queridinho da quarentena. E não podemos discordar que o aconchego da sua casa e uma boa taça de vinho é a combinação perfeita.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: